Menu

Aliança premia vencedores do Concurso de Redação 2019

Aliança premia vencedores do Concurso de Redação 2019

“É preciso investir no reflorestamento e na proteção de unidades de conservação. Cada pessoa pode contribuir para melhorar e conservar esses projetos, que são importantes para essa e para as futuras gerações”.

.

Com essa mensagem, de incentivo e da plena consciência do importante papel das pessoas na preservação ambiental e no futuro da humanidade, é que a aluna Sara Ananias da Silva, do 9º ano da escola municipal Álvaro Botelho, de Lavras/MG, venceu a 3ª edição do Concurso de Redação da Aliança Energia, realizado este ano.

Na foto, Sara Ananias recebe emocionada o prêmio pela melhor redação produzida da escola participante do município de Lavras/MG

.

Com ela, outros 54 alunos foram premiados pelas redações finalistas do concurso, que teve mais de 470 redações inscritas nesta edição.

“O segredo para uma boa redação é estudar bastante sobre o tema, reescrever quantas vezes for necessário e se dedicar para fazer o melhor trabalho possível”, disse Ana Caroline Lopes, aluna da escola Machado de Assis, na cidade de Aimorés, no leste mineiro. Ela esteve presente no evento de premiação realizado no Parque Botânico da Aliança em Aimorés, na noite de 20/11. Os 10 anos do Parque Botânico foi o tema do Concurso deste ano na região onde está instalada a hidrelétrica de Aimorés. 30 finalistas de 11 escolas, acompanhados por seus familiares e por representantes das instituições de ensino, marcaram presença e conferiram as redações selecionadas, expostas em espaço educativo do Parque.

Na região onde está instalada a hidrelétrica de Funil, o tema do Concurso de Redação foi “muda que muda: reflorestar é plantar a vida” em alusão ao Programa de Recomposição das Matas Ciliares conduzido pela Aliança na região. Leia mais sobre esse programa aqui.

Mais uma vez alcançamos o objetivo principal desta ação que é unir duas áreas fundamentais para o desenvolvimento dos cidadãos do futuro: educação ambiental e educação escolar, comenta o gerente de relações sociais e comunicação da Aliança, Marcelo Werly.

.

Como acontece o Concurso

Em ambos locais, o critério para participação das escolas e alunos é realizar uma visita guiada pelo Centro de Educação Ambiental, na UHE Funil, em Perdões, na região sul de Minas, ou no Parque Botânico da Aliança, em Aimorés, no leste mineiro. Participam os alunos do 9º ano das escolas públicas de ambas as regiões.

O vencedor de cada município participante – Aimorés, Itueta e Resplendor, no leste mineiro; Lavras, Ijaci e Ribeirão Vermelho, no sul de Minas – recebe um notebook como prêmio principal, o professor que acompanha a turma durante o concurso é homenageado com uma placa, e a escola, recebe um troféu como forma de reconhecimento pelo engajamento e promoção da educação. As 10 redações finalistas de cada cidade também são premiadas com uma mochila e um kit escolar.

.

Os premiados por município foram:

.

Aimorés: Ana Caroline Lopes (E.E Machado de Assis)

Itueta: Sirlayne de Oliveira Alves (E.M. Vereador João Bravin Donadelli)

Resplendor: Eduarda Gomes da Cruz (E.M. Agenor Antônio de Farias)

Lavras: Sara Ananias da Silva (E.M. Álvaro Botelho)

Ijaci: Maria Eduarda de Oliveira Ferreira (E.E. Maurício Zákhia)

Ribeirão Vermelho: Karina da Silva Pereira (E.E. Antônio Novais)

.

.

Confira nossa galeria de imagens dos eventos de premiação.

© Copyright 2015 Aliança Geração de Energia S.A. - Todos os direitos reservados