Menu

Biodiversidade preservada - Aliança Energia

Biodiversidade preservada

Quero-Quero, nome popular da espécie Vanellus chilensis, mapeada na área do parque

160 das 451 espécies de aves catalogadas em todo o estado do Ceará estão presentes na área onde está instalado o Complexo Eólico Santo Inácio (CESI). Esse número representa quase a totalidade de espécies existes no município de Icapuí, sede do parque.

Em 2019, um monitoramento minucioso da fauna realizado nas dependências do CESI demonstrou que a implantação e operação dos parques não interferiram na biodiversidade local, levando-se em conta a abundância de animais presentes e o registro do conjunto das espécies identificadas.

Rômulo Fonseca da Silva, analista ambiental da Aliança, destaca a importância desse resultado como comprovação de há, de fato, um ambiente de proteção que permite às espécies a continuidade de sua cadeia alimentar e reprodutiva.

A presença tão rica de variadas classes de animais e, consequentemente, toda a flora que os sustenta, demonstra a presença de um ambiente com ecossistema equilibrado“, completa.

Raposas, veados da caatinga, lagartos, insetos e aves unem-se à singularidade típica da caatinga, bioma predominante da região, e fazem do Complexo Eólico cenário de beleza e riqueza ímpares.

O monitoramento das espécies, em cumprimento à condicionante ambiental de operação do empreendimento, deve se estender para o ano de 2020 e as ações ambientais necessárias para manutenção dos bons resultados continuarão sendo implementadas pela Aliança, cumprindo seu compromisso com a #sustentabilidade.

© Copyright 2015 Aliança Geração de Energia S.A. - Todos os direitos reservados