Menu

Confira os resultados dos projetos de Pesquisa e Desenvolvimento

Confira os resultados dos projetos de Pesquisa e Desenvolvimento

Usina flutuante instalada no reservatório da UHE Aimorés

Para dar transparência aos projetos realizados pela Aliança Energia em seu Programa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), o Comitê de Inovação, que acompanha os projetos aprovados pela ANEEL em execução, apresenta os valores investidos até dezembro de 2019, o saldo da conta de P&D e também os resultados alcançados no último ano.

RESULTADOS ALCANÇADOS EM 2019

PL 1703

CRITÉRIOS CIENTÍFICOS E MÉTODOS PARA DIMENSIONAMENTO DE PARQUES EÓLICOS EM REGIÕES DE ATMOSFERA TROPICAL E MODELAMENTO DOS IMPACTOS SISTÊMICOS DA INSERÇÃO DE FONTES EÓLICAS NA REGIÃO SUDESTE DO BRASIL

Objetivo: Desenvolver métodos e critérios para viabilizar a geração eólica na região Sudeste do país e capturar oportunidades regulatórias e comerciais resultantes dos benefícios associados à geração junto ao centro de consumo.

Resultado final: Conhecimento do comportamento real dos ventos em região de clima tropical, caracterização da influência das condições atmosféricas na geração de energia elétrica, calibração de softwares, normas e regulamentos de dimensionamento eólico, proporcionando resultados técnicos mais acurados e projetos de engenharia mais competitivos, e a avaliação dos impactos na segurança energética e nos custos marginais de operação do Sistema Elétrico com a inserção da geração eólica na matriz elétrica do subsistema Sudeste/Centro-Oeste, particularmente aqueles associados à ampliação e ao reforço dos sistemas de transmissão para escoar a energia do Nordeste para os centros de consumo.

Duração: 48 meses a partir de dezembro de 2017.

Categoria: Pesquisa Aplicada dentro da cadeia de inovação, e atende principalmente aos temas Fontes Alternativas e a Planejamento de Sistemas de Energia Elétrica.

Executores: Horizonte Energias Renováveis (HER) e Instituto de Energia da Fundação Getulio Vargas (FGV Energia)

Custo Estimado: cerca de R$ 7.000.000,00

Ações realizadas em 2019: Instalação das estações de medição anemométricas nas áreas selecionadas com maior potencial eólico na região Sudeste e início das medições a partir de julho de 2019. Desenvolvimento das formulações matemáticas de simulação da operação e da expansão da oferta de energia do sistema elétrico Brasileiro e elaboração de uma ferramenta (modelo computacional), com sua aplicação nos estudos de casos de interesse do projeto, configurando a Metodologia para a Consideração dos Custos Globais na Expansão da Oferta.

PD 1704

BINÁRIOS EÓLICO-SOLAR E HÍDRICO-SOLAR – ESTUDOS PARA IMBRICAR COM MÁXIMA EFICIÊNCIA DIFERENTES TECNOLOGIAS FOTOVOLTAICAS EM USINAS EXISTENTES COMPARTILHANDO ‘T E D’ E AUMENTANDO A CAPACIDADE DE GERAÇÃO

Objetivo principal: imbricar tecnologias fotovoltaicas às usinas existentes compartilhando a estrutura de escoamento de energia e aumentando, portanto, a capacidade de geração.

Resultado final: proporcionar a minimização dos impactos da expansão das infraestruturas de transmissão e distribuição, bem como da construção de novas usinas de geração, uma vez que prevê a hibridização em áreas antropizadas e previamente estudadas e licenciadas. Ainda, permite o desenvolvimento da tecnologia fotovoltaica em âmbito nacional.

Duração:  48 meses a partir de novembro de 2017

Categoria:  Desenvolvimento Experimental dentro da cadeia de inovação, e atende principalmente ao tema Fontes Alternativas, e de forma secundária aos temas Gestão de Bacias e Reservatórios e Meio Ambiente, Planejamento de Sistemas de Energia Elétrica, Operação de Sistemas de Energia Elétrica.

Executor: Alsol Energia Renováveis S.A.

Custo estimado: cerca de R$ 22 milhões

Ações realizadas em 2019: implementado a UFV Pedra Lorena, usina flutuante instalada no reservatório da UHE Aimorés, que proporcionará a base de dados para análise do flutuador nacionalizado e análises comparativas das diferentes tecnologias fotovoltaicas, flutuante x solo, em âmbito nacional. Foram executadas capacitações na região da UHE Aimorés e também da EOL Santo Inácio, com contratação temporária de treinandos para implantação da UFV.

Os projetos de pesquisa se alinham aos objetivos estratégicos da Aliança ao focarem na competitividade da geração de energia elétrica em larga escala e integrada a partir das fontes solar e eólica. 

A empresa continua a prospectar novas propostas, priorizando os temas:

FA – Fontes alternativas de geração de energia elétrica;
GT – Geração Termelétrica;
GB – Gestão de Bacias e Reservatórios;
MA – Meio Ambiente;
PL – Planejamento de Sistemas de Energia Elétrica;
OP – Operação de Sistemas de Energia Elétrica.

SAIBA MAIS!

O Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da ANEEL foi criado em 2000, Lei nº 9991/00, com objetivo de investir em inovações para o setor elétrico brasileiro, gerando benefícios e melhorias para as empresas e para a sociedade. Os investimentos devem ser aplicados segundo diretrizes e critérios estabelecidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel.

© Copyright 2015 Aliança Geração de Energia S.A. - Todos os direitos reservados