Projeto Eólico Santo Inácio conclui marcos importantes

O primeiro projeto em implantação da Aliança, um empreendimento eólico com potência instalada de 98,7 MW, chega ao final deste ano com muitas conquistas. Após nove meses de execução de obras – fevereiro a novembro de 2016, o projeto Eólico Santo Inácio encontra-se com 71% das obras concluídas. Com isso, a Aliança reafirma o seu compromisso de gerar de energia limpa e renovável, contribuindo assim para a melhoria de qualidade da matriz energética brasileira.

LICENÇA AMBIENTAL –LT 230 kV

Em 19/12/16 o projeto obteve a Licença de Instalação emitida pelo IBAMA para a Linha de Transmissão de 230 KV, que interligará a Subestação de Santo Inácio localizada em Icapuí/ CE ao bay de interligação na SE Mossoró IV, operada pela CHESF e localizada em Tibau/ RN. Isto significa a possibilidade de início imediato dos serviços de construção da Linha de Transmissão que, quando concluída, permitirá o escoamento de toda a energia produzida no Complexo Eólico Santo Inácio para o Sistema Interligado Nacional.

Projeto Eólico Santo Inácio conclui marcos importantes - Aliança Energia
Vista geral do Complexo Eólico Santo Inácio em Icapuí – Ceará.

 

CONCRETAGEM DAS BASES

Projeto Eólico Santo Inácio conclui marcos importantes - Aliança Energia
Concluída a concretagem de todas as bases que receberão os aerogeradores a uma altura de 120 metros. Para suportar tudo isso, as bases possuem cerca de 12 metros de profundidade e 18 de diâmetro.

 

Projeto Eólico Santo Inácio conclui marcos importantes - Aliança Energia
Conclusão da montagem de 18 aerogeradores, dos 47 previstos.

 

Projeto Eólico Santo Inácio conclui marcos importantes - Aliança Energia
Subestação Santo Inácio – Conclusão das obras das principais estruturas: Prédio Administrativo, Prédio de Comando e Controle, montagem dos Painéis Elétricos, Prédio O&M.

 

 

 

Notícias Relacionadas