REFLORESTAMENTO DE APP AVANÇA E RESULTADOS MOSTRAM EFICÁCIA DA METODOLOGIA DE TRABALHO

18 mil mudas nativas plantadas em novas áreas e manutenção em 320 hectares de mata ciliar já implantadas às margens do rio Doce, na região onde está instalada a usina de Aimorés, apenas em 2020.

Para se ter uma ideia da proporção dos trabalhos, seriam cerca de 320 campos de futebol passando por atividades rotineiras de coroamento de mudas, irrigação, combate à pragas e outras atividades para garantir ao sucesso das mudas e a efetiva recuperação da área, antes degradada. E tudo isso realizado em um cenário de pandemia global, com reorganização de atividades e redução-escalonamento de equipes.

Lucilene Becalli, analista de meio ambiente, relata os benefícios da adoção da metodologia de acompanhamento dos trabalhos de reflorestamento a partir dos dados do último ciclo, cujas mudas plantadas em março de 2020 apresentam 95% de ‘pegamento’, quando há efetiva chance de crescimento da muda, e cerca de 1,70m de altura.

REFLORESTAMENTO DE APP AVANÇA E RESULTADOS MOSTRAM EFICÁCIA DA METODOLOGIA DE TRABALHO - Aliança Energia

“Ao assumir o acompanhamento técnico dos plantios e manutenções, a Aliança conseguiu resultados muito positivos como, por exemplo, a redução de custos de replantios e mais qualidade e perenidade das áreas recuperadas”, completa.

 

E a sustentabilidade permeia todo o processo, a começar pelas mudas, produzidas no viveiro de mudas do Parque Botânico Aliança. Todas as 18 mil utilizadas neste ciclo de plantio foram provenientes do viveiro, cuja capacidade anual de produção pode chegar a 100 mil mudas nativas da Mata Atlântica, de 60 espécies diferentes.

REFLORESTAMENTO DE APP AVANÇA E RESULTADOS MOSTRAM EFICÁCIA DA METODOLOGIA DE TRABALHO - Aliança Energia

Curiosidade

Para se ter uma ideia dos benefícios ambientais locais, estudos indicam que uma única árvore da Mata Atlântica pode capturar 163 kg de gás carbônico (CO2) da atmosfera*, em um período aproximado de 20 anos. Se fizermos o cálculo do que foi plantado apenas no ano passado na região de Aimorés, mais de 2.934.000 quilos de CO2 seriam retirados da atmosfera.

*Fonte: https://www.sosma.org.br/noticias/cada-arvore-da-mata-atlantica-chega-a-retirar-163-kg-de-gas-carbonico-da-atmosfera/

 

 

Notícias Relacionadas

Relatório Anual 2020

A Aliança Energia apresenta o seu sexto Relatório Anual de Responsabilidade Socioambiental e Econômico-Financeira. Elaborado com base nas diretrizes estabelecidas no termo de referência da Agência

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *