Menu

Resultados do programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Aliança em 2018

Resultados do programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Aliança em 2018

Em 2018 o Comitê de Inovação da Aliança Energia conduziu investimentos de R$ 5,85 milhões em recursos oriundos do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento – P&D do Setor Elétrico, conforme diretrizes da ANEEL. Foram executadas atividades relativas à gestão do programa e a dois contratos de fomento, assinados ao final de 2017. O investimento total em P&D prevê um desembolso de R$ 29 milhões até 2021.

Estes projetos de pesquisa se alinham aos objetivos estratégicos da Aliança Energia ao focarem na competitividade da geração de energia elétrica em larga escala e integrada a partir das fontes solar e eólica. A Aliança também mantem contínua prospecção de novas propostas nos seguintes temas:

Fontes alternativas de geração de energia elétrica;
Geração Termelétrica;
Gestão de Bacias e Reservatórios;
Meio Ambiente;
Planejamento de Sistemas de Energia Elétrica;
Operação de Sistemas de Energia Elétrica.


 

SAIBA MAIS SOBRE OS PROJETOS DE P&D DA ALIANÇA ENERGIA


BINÁRIOS EÓLICO-SOLAR E HÍDRICO-SOLAR – ESTUDOS PARA IMBRICAR COM MÁXIMA EFICIÊNCIA DIFERENTES TECNOLOGIAS FOTOVOLTAICAS EM USINAS EXISTENTES COMPARTILHANDO ‘T E D’ E AUMENTANDO A CAPACIDADE DE GERAÇÃO

Objetivo principal: imbricar tecnologias fotovoltaicas às usinas existentes compartilhando a estrutura de escoamento de energia e aumentando, portanto, a capacidade de geração.

Resultado final: proporcionar a minimização dos impactos da expansão das infraestruturas de transmissão e distribuição, bem como da construção de novas usinas de geração, uma vez que prevê a hibridização em áreas antropizadas e previamente estudadas e licenciadas. Ainda, permite o desenvolvimento da tecnologia fotovoltaica em âmbito nacional.

Duração:  48 meses a partir de novembro de 2017

Categoria:  Desenvolvimento Experimental dentro da cadeia de inovação, e atende principalmente ao tema Fontes Alternativas, e de forma secundária aos temas Gestão de Bacias e Reservatórios e Meio Ambiente, Planejamento de Sistemas de Energia Elétrica, Operação de Sistemas de Energia Elétrica.

Executor: Alsol Energia Renováveis S.A.

Custo estimado: cerca de R$ 22 milhões – Realizado até 2018: R$ 4.530.952,60

Ações realizadas em 2018: implementado o primeiro banco de testes solar do projeto na UHE Aimorés, que proporcionará parte da base de dados para análise e desenvolvimento da tecnologia fotovoltaica em âmbito nacional. Também foram executadas ações e estudos focados no desenvolvimento das capacitações, que deverão ser implementadas durante o segundo ano do P&D, bem como a definição do público-alvo destas capacitações, em busca dos resultados sociais associados ao projeto.


CRITÉRIOS CIENTÍFICOS E MÉTODOS PARA DIMENSIONAMENTO DE PARQUES EÓLICOS EM REGIÕES DE ATMOSFERA TROPICAL E MODELAMENTO DOS IMPACTOS SISTÊMICOS DA INSERÇÃO DE FONTES EÓLICAS NA REGIÃO SUDESTE DO BRASIL

 

 Objetivo: Desenvolver métodos e critérios para viabilizar a geração eólica na região Sudeste do país e capturar oportunidades regulatórias e comerciais resultantes dos benefícios associados à geração junto ao centro de consumo.

Resultado final: Calibração de softwares, normas e regulamentos de dimensionamento eólico para às características reais dos ventos do clima tropical, proporcionando resultados técnicos mais acurados e projetos de engenharia mais competitivos, e a avaliação dos impactos na segurança energética e nos custos marginais de operação do Sistema Elétrico com a inserção da geração eólica na matriz elétrica do subsistema Sudeste/Centro-Oeste, particularmente aqueles associados à ampliação e ao reforço dos sistemas de transmissão para escoar a energia do Nordeste para os centros de consumo.

Duração: 48 meses a partir de dezembro de 2017.

Categoria: Pesquisa Aplicada dentro da cadeia de inovação, e atende principalmente aos temas Fontes Alternativas e a Planejamento de Sistemas de Energia Elétrica.

Executores: Horizonte Energias Renováveis (HER) e Instituto de Energia da Fundação Getulio Vargas (FGV Energia)

Custo Estimado: cerca de R$ 7,0 milhões –

Realizado até 2018: R$ 1.103.078,92

Ações realizadas em 2018: Mapeamento das macrorregiões com maior potencial eólico na região Sudeste e seleção de áreas para instalação das estações de medição. Implantação de Data Warehouse para gerenciar mais de 1 bilhão de dados que serão gerados ao longo do projeto. Estudo dos impactos da geração eólica nos custos do sistema de transmissão, especificamente investimentos e perdas elétricas. Estudos para metodologia de consideração dos custos globais na expansão da oferta de energia elétrica.

© Copyright 2015 Aliança Geração de Energia S.A. - Todos os direitos reservados